Itália. Abril de 1996. Aquele que fora o maior partido comunista do Ocidente vence as eleições italianas. O Partido da Refundação Comunista, nascido quando o PCI mudara de nome – Partido dos Democratas de Esquerda, PDS –, assumindo-se social-democrata, apoiara, de fora, a coligação. A vitória era completa, ao fim de seis meses de governo de Berlusconi, desorganizado por greves contra as privatizações, cortes sociais etc. Romano Prodi, em menos de dois anos, saneou as finanças, dobrou a inflação, relançou as exportações. Para realizar o milagre, comprimiu salários, cortou investimentos, privatizou bens públicos, causou graves seqüelas sociais. O governo de centro-esquerda dependia do apoio do PRC – 9% dos votos em 96. Após exigir mudança de orientação, a Refundação Comunista derrubou Prodi na Câmara. D´Alema foi o primeiro ex-comunista a governar a Itália, que vivia boa situação econômica. Aprofundou a linha Prodi, juntando-se a Clinton, Blair e Schroeder na Quarta Via. A classe operária conquistara a proibição constitucional de participação da Itália em guerras, no após-guerra. Em 1999, o ataque à Sérvia realizou-se sob a quase exclusiva oposição do PRC. Em cinco anos, a aliança dirigida pelo ex-PCI fez mais pelo capitalismo do que a Democracia Cristã em cinqüenta. Em 13 de maio, o eleitorado votou maciçamente: reformulação do panorama político, com Forza Itália como o maior partido italiano, subindo de 20% aos 30% dos votos. Berlusconi canibalizou os aliados.

Carboni Maestri, G. (2001). Itália: esquerda convertida à defesa do capital sofre derrota histórica para ultra-direita. REVISTA NAÇÃO BRASIL, 2 giugno 2001, 52-53.

Itália: esquerda convertida à defesa do capital sofre derrota histórica para ultra-direita

CARBONI MAESTRI, Gregorio
2001

Abstract

Itália. Abril de 1996. Aquele que fora o maior partido comunista do Ocidente vence as eleições italianas. O Partido da Refundação Comunista, nascido quando o PCI mudara de nome – Partido dos Democratas de Esquerda, PDS –, assumindo-se social-democrata, apoiara, de fora, a coligação. A vitória era completa, ao fim de seis meses de governo de Berlusconi, desorganizado por greves contra as privatizações, cortes sociais etc. Romano Prodi, em menos de dois anos, saneou as finanças, dobrou a inflação, relançou as exportações. Para realizar o milagre, comprimiu salários, cortou investimentos, privatizou bens públicos, causou graves seqüelas sociais. O governo de centro-esquerda dependia do apoio do PRC – 9% dos votos em 96. Após exigir mudança de orientação, a Refundação Comunista derrubou Prodi na Câmara. D´Alema foi o primeiro ex-comunista a governar a Itália, que vivia boa situação econômica. Aprofundou a linha Prodi, juntando-se a Clinton, Blair e Schroeder na Quarta Via. A classe operária conquistara a proibição constitucional de participação da Itália em guerras, no após-guerra. Em 1999, o ataque à Sérvia realizou-se sob a quase exclusiva oposição do PRC. Em cinco anos, a aliança dirigida pelo ex-PCI fez mais pelo capitalismo do que a Democracia Cristã em cinqüenta. Em 13 de maio, o eleitorado votou maciçamente: reformulação do panorama político, com Forza Itália como o maior partido italiano, subindo de 20% aos 30% dos votos. Berlusconi canibalizou os aliados.
Settore SPS/04 - Scienza Politica
Settore SPS/01 - Filosofia Politica
Settore SECS-P/01 - Economia Politica
http://www.correiocidadania.com.br/antigo/ed246/internacional.htm
Carboni Maestri, G. (2001). Itália: esquerda convertida à defesa do capital sofre derrota histórica para ultra-direita. REVISTA NAÇÃO BRASIL, 2 giugno 2001, 52-53.
File in questo prodotto:
File Dimensione Formato  
14 - Italia.pdf

accesso aperto

Descrizione: articolo integrale
Dimensione 491.61 kB
Formato Adobe PDF
491.61 kB Adobe PDF Visualizza/Apri
01 - Sum-Edit-Cartas.pdf

accesso aperto

Descrizione: indice
Dimensione 1.21 MB
Formato Adobe PDF
1.21 MB Adobe PDF Visualizza/Apri
00-Capa-CJ-06.pdf

accesso aperto

Descrizione: copertina
Dimensione 630.1 kB
Formato Adobe PDF
630.1 kB Adobe PDF Visualizza/Apri

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: http://hdl.handle.net/10447/64348
Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus ND
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact